Como fica o Turismo no meio desta Pandemia?

Como ficará o Turismo no Brasil após a pandemia? Já parou para pensar? Há quase dois anos estamos vivendo um estado tenso em relação a situação econômica e social, sem falar da saúde que vem deixando este cenário ainda mais complexo e difícil. A única coisa que sabemos é que, estamos passando por um momento instável e incerto, somado à retração do crescimento do país, além das complicações nas relações comerciais.

Mas, desde o período do isolamento social, o Booking tem elaborado suas pesquisas em informações do mercado e que valem um olhar mais atento tanto para os turistas quantos para os moradores locais.

O que a maior plataforma de Turismo no Brasil assegura?

De acordo com as pesquisas do Booking, dois em cada três (66%) dos viajantes brasileiros dizem que não vão se sentir confortáveis em viajar até que exista uma vacina ou tratamento.

Isso leva a cadeia turística a reavaliar as mudanças de comportamento e expectativas dos turistas em relação às viagens, ou seja, o turismo passará a ser mais local, viagens mais curtas, com tempo menor fora de casa e que as pousadas e hotéis ofereçam experiências agradáveis sem que o turista precise sair para se divertir.

Consequentemente, a relação entre a Cadeia Turística e o Turista mudará por completo, embora o preço e a segurança sejam exigências atuais, outros fatores serão primordiais nesse processo que antecede a pós pandemia, tais como: segurança, viagens com temas sustentáveis, destinos que tragam experiências de verdade, viagens que possam associar o trabalho ao Lazer e viagens mais curtas e mais baratas também entram nesses fatores.

Além disso, as pesquisas realizadas demonstram que o Turismo voltará a todo vapor. Se antes, tínhamos que ficar em casa por falta de opção e impedimento. A reação será viajar e desbravar o mundo, conforme apontam as pesquisas.

65% dos viajantes do país querem ver mais do mundo,

64% desejam viajar mais no futuro para compensar o tempo perdido em 2020

57% dos brasileiros têm planos de fazer uma viagem para compensar uma data importante que passou batida

48% planejam reagendar uma viagem que teve que ser cancelada nos últimos meses”

Outros pontos relevantes para o Turismo no Brasil

De acordo com a pesquisa realizada pelo Booking, há 09 previsões sobre o futuro das viagens. Mas, a gente gostaria de destacar 03 pontos relevantes e que vão impactar os negócios locais:

Viagens mais perto de casa:

De acordo com a pesquisa, o planejamento para viagens próximas de casa e em menor tempo serão campeãs. Isso, porque a pandemia gerou impacto na econômica de muitas famílias, e para aquelas que ainda poderão viajar sem interferir no orçamento familiar, será uma boa opção poder ir de carro e ainda levar seu pet – #ficaadica.

“44% dos brasileiros ainda planejam viajar dentro do próprio país daqui a 7 a 12 meses,

32% planejam fazer isso daqui a mais de um ano.

55% pretendem conhecer um novo destino na região em que moram;

59% querem passar a curtir a beleza natural da sua terra;

63% planejam viajar para algum lugar – perto ou longe – que já conhecem, por esse ser um destino familiar.”

Viagens como escape

Será comum os viajantes buscarem viagens curtas apenas como válvula de escape do período de isolamento, com isso o turismo local ganhará força para recomeçar e movimentar a economia novamente.

De acordo com o Booking, os brasileiros viveram tempos de nostalgia nas redes sociais, revivendo os locais visitados com amigos e familiares. Isso contribuirá muito para aquelas viagens rápidas de final de semana. Conforme os resultados das pesquisas:

98% passaram um tempo procurando novas inspirações para as férias nas redes sociais.

46% pesquisaram por possíveis destinos de viagem pelo menos uma vez por semana.

46% dos brasileiros ainda recorrem à velha e boa conversa com amigos e parentes.

35% dos viajantes do país curtem a nostalgia de rever antigas fotos de viagem para ajudar a decidir sobre um destino futuro

Viagens com experiências únicas e simples prazeres

Com o isolamento social e a necessidade de reinventar formas de sair da rotina, o brasileiro saiu dos centros urbanos, convivendo mais no áreas rurais. Consequentemente, muitos tiveram ótimas experiências e estão mais propícios a viajarem para locais calmos, que tenham contato mais direto com a natureza.

De acordo com o Booking, desde o início da pandemia, aumentaram as recomendações por viagens relacionadas às atividades com contato com a natureza.

“94% fazer trilhas

33% para descansar

44% aproveitar a natureza

50% respirar ar puro

76% vão passar a apreciar experiências mais simples, como ficar ao ar-livre ou curtir a família durante as férias

56% buscarão experiências menos conhecidas.

55% em áreas rurais para curtir a natureza

51% preferem férias na praia

14% preferem viagens urbanas.”

Imagem ilustrativa com objetos em miniatura de uma avião, um chapéu de palha, passaporte e e máscara de proteção.

Planejamento para Turismo no Brasil

Acredito que aos poucos voltaremos ao normal. Serão passos lentos, vagarosos e meio preguiçosos, pois em nosso país, infelizmente, tudo é muito burocrático e ocorre por interesse próprio.

Mas, enfim, está chegando a hora de planejar a viagem! Pesquise sobre o seu destino, os tipos de hospedagens e escolha aquele que caiba no seu bolso. Use as redes sociais para se informar sobre o local, a hospedagem, a alimentação, os funcionários. Às vezes, o preço é bom, mas o lugar não te dará o descanso e o conforto merecidos.

Ah! E, se você quiser saber mais sobre as tendências de viagens para esse ano de 2021, acesso o site do Booking e fique por dentro.

Até breve,
Equipe Pousada Ponta da Asa


Referência de Pesquisa

A indústria do turismo sobreviverá à crise do Covid-19?

Viagens mais inteligentes, humanas e seguras: Booking.com revela 9 previsões para o futuro das viagens

Leave A Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Atendimento Online!